Afinal, o que é Branding?

O termo Branding é muito usado no mundo do marketing e da publicidade, mas poucos sabem o seu real significado. A palavra “brand” significa “marca” e é bastante comum ouvirmos a expressão brand management — em bom português, gestão de marcas. Assim, antes de tentar entender melhor o que é Branding, é necessário compreender o que é uma marca. Certo?

afinal-o-que-e-branding

No post de hoje, vamos esclarecer as principais dúvidas que você tem a respeito desse termo e como ele é aplicado em ações publicitárias. Vamos conferir?

Entendendo a diferença entre marca e Branding

Uma marca é um conjunto de características descritivas (tangíveis ou não) concretizadas em nome, logo, identidade visual e todos os demais que tornam a marca o que ela é. É necessário que ela e todas as suas características sejam dirigidas com atenção e eficiência. O termo Branding surge, então, quando falamos sobre a administração da marca de uma empresa.

A influência do consumidor na gestão de marcas

afinal-o-que-e-branding-2

O mercado vive em constante evolução, e as empresas precisam acompanhar esse ritmo. Os consumidores possuem cada vez mais voz ativa sobre uma marca. As pessoas querem obter mais informações sobre os produtos que estão sendo apresentados para elas. Uma marca precisa sobreviver, e é aí que entra o trabalho do Branding no processo de gestão dessa marca.

A importância da qualidade do Branding

A qualidade do Branding tem um papel fundamental para o sucesso de uma campanha publicitária. Não importa o quão bom seja seu produto ou serviço, se a imagem percebida pelo público for negativa, você vai ter muito mais dor de cabeça pra ajustar os erros e fazer as pessoas enxergarem o que realmente faz jus a sua marca.

Etapas importantes no processo de Branding

Existem algumas etapas que servem para facilitar o processo de Branding. São elas:

1. Detalhamento do público alvo

O público alvo bem definido é essencial, e é preciso ter em mente que cada marca precisa cativar o seu próprio público. É necessário saber quais são os círculos de pessoas para quem a marca está falando. Através de pesquisas é possível pontuar as características do grupo que se deseja alcançar.

2. Posicionamento da marca

Uma vez que o público está definido, é preciso construir uma imagem para que a marca diferencie-se da concorrência, sempre levando-se em consideração o que ela tem de único, a sua essência. Este posicionamento tem que ser muito bem estudado, sustentável e absolutamente verdadeiro.

3. Construção multissensorial

A melhor maneira de fazer o público se interessar por uma marca é explorando os cinco sentidos, indo além daquilo que eles estão vendo. O trabalho de Branding inclui também criar ações pontuais, de forma que o público-alvo possa se envolver, seja com músicas que representem sua identidade como marca, aromas ou até mesmo o paladar, se for o caso.

afinal-o-que-e-branding-3

Gerir uma marca requer muito trabalho, mas se o Branding for feito com dedicação e coesão, a sua equipe de marketing terá muito mais facilidade em resolver qualquer problema que venha a surgir, e sua marca vai conseguir se posicionar de maneira positiva no mercado.

Caso queira se aprofundar mais no assunto, fica a dica: o livro “Brand Equity – Gerenciando o Valor da Marca” de David Aaker  é uma referência mundial no tema.